alguns dos LOUCOS
gente com rolha no lugar dos parafusos


 

este é um site colaborativo, feito por gente que se juntou bebendo jerez e quer continuar bebendo jerez juntos. mas a gente quer também que muita gente venha beber com a gente e estamos aqui pra isso: contar pra todo mundo o que é essa maravilha líquida.

se você também se sente meio louquinho e quer contribuir, manda pra nós que a gente publica. se você não tá tão louco assim, dá uma olhada em onde conseguir as garrafas que vão mudar sua cabeça.

FAÇA CONTATO NÃO FAÇA CONTATO

 

BERNARDO PINTO, dipwset


Turma de 2013 dos Curso de Formadores de Jerez
Turma de 2013 do Curso de Formadores de Jerez

Em 2013, já completamente entregue ao Jerez, Bernardo concluiu o disputado Curso de Formadores do Conselho Regulador da região de Jerez, junto a especialistas de toda a Espanha.

 

Bernardo edita o LpJ e é responsável pelos textos sem assinatura.

Bernardo Pinto nasceu em Belo Horizonte e talvez por isto coma mais queijo do que deve. Estudou Gastronomia, mas se dependesse do professor do semestre de Enologia da Faculdade nunca teria descoberto o Jerez.

Foi a primeira pessoa na América Latina a obter o Diploma in Wines and Spirits pelo WSET, em 2011 e é parte do corpo de estudantes do IMW (Institute of Masters of Wine, a mais rigorosa instituição do mundo do vinho) desde 2012.

Foram alguns amigos a conduzir o Bernardo à loucura pelo Jerez, fugindo dos Finos meio oxidados e dos PX doces de matar, especialmente Marcel Miwa, com quem Bernardo organizou muitas degustações de Jerez e Jorge Lucki, grande mentor de tantos profissionais brasileiros.

Desde 2013 vem participando ativamente da estruturação da Sherry Week, semana dedicada em todo o mundo a divulgar os vinhos, o que levou a receber o “Prêmio Sherry Week” de 2018: o Conselho Regulador e a Câmara de Comércio de Cádiz escolhem um único profissional por ano para receber o prêmio como Melhor Iniciativa de Divulgação de Jerez pelo mundo.

Desde 2007 é Diretor Técnico da Zahil, cuidando dos produtores, do portfolio e do desenvolvimento de seus vinhos no mercado brasileiro, incluindo as marcas de Jerez Real Tesoro, La Guita e Valdespino.

NÃO VEJA AS INDICAÇÕES DO BERNARDO

(porque ele não mandou)

 

Bernardo Pinto, DipWSET

“É Jerez isso aí perto da câmera?”

GABRIELE FRIZON

A LOUCA DO JEREZ


 

Poderes cósmicos fenomenais!(Dentro de uma venenciazinha)

Gabriele assina G.F. no conteúdo deste site.

Gabi nasceu em Poxoréu, que fica no Mato Grosso mas finge que é no Rio Grande do Sul. Mudou criança pra São Paulo e gostava tanto de costela que seu pai abriu um restaurante só pra alimentar a fome da criança. De algum lugar, tirou a paixão pelo Nordeste brasileiro e sua rica cultura, especialmente pelos rasta-pé de Forró Pé-de-Serra!

Graduou-se em Hotelaria pela Universidade Anhembi Morumbi (2007 -2010), com dupla titulação hoteleira pela instituição suíça Glion Institute of Higher Education (2008).

Iniciou a sua atuação na área de Alimentos e Bebidas em 2006 como Gerente/Sommelier do atual Dr. Costela, restaurante de sua família em que passou grande parte da sua infância. Neste mesmo ano, teve seu primeiro contato com Jerez, em uma degustação promovida na ABS-SP. Deste dia em diante, o encantamento e o interesse pelos estilos da região só cresceram…

Foi a única aprovada na Certificação Brasileira de Sommeliers em 2016, estando entre os 60 brasileiros homologados nos moldes da Association de la Sommellerie Internationale, aplicada pela Associação Brasileira de Sommeliers – ABS no Brasil.

Possui o certificado Level 3 Advanced Certificate In Wines & Spirits da instituição inglesa Wine & Spirits Education Trust  (WSET) e o CMS/Introductory da Court of Master Sommeliers.

Em determinado momento, era tanta paixão por essa bebida que não cabia em uma personalidade só: daí nasceu a Louca do Jerez, um alter ego absoluta e absurdamente parcial, que fala para quem quiser ouvir: “Para qualquer ocasião ou harmonização, Jerez é a resposta!”

VEJA AS INDICAÇÕES da gabi

(a única que fez o dever de casa)

 🤪 Sabe de nada, Inocente!

Fernanda Fonseca

Fernanda cuida das relações públicas e do LpJ e assina F.F. no conteúdo do site.

fernanda fonseca

Fernanda Fonseca nasceu em São Paulo mas se acha francesa.
Viaja atrás de garrafas, pessoas e emoções.

É RP focada no vinho há trinta anos e desde 2018 assina o “Pandora Experiências de Vinhos“, em que organiza encontros para falar sobre as mensagens por trás dos rótulos.

Desde 2014, colabora na divulgação e produção dos eventos da International Sherry Week no Brasil. Não foi a Jerez ainda, mas tem certeza que irá muito em breve.

Amiga e admiradora da “Louca do Jerez”, que ao lado de Bernardo fez
com que Fernanda morresse de amores por esses fortificados mágicos, instigantes, provocadores e únicos.

 

COBRE DA GENTE AS INDICAÇÕES DA FERNANDA

marcel miwa

Maruceru-san foi responsável por arrastar o bonde do Jerez para o Brasil, mais ou menos em 1582. Fez pontes e apresentou pessoas, desbravou a região e os produtores e sabe-se lá porque tem um cachorro que não se chama Palomino.

VEJA (ALGUMA HORA) AS INDICAÇÕES DO MARCEL

Marcel Miwa é Editor de Vinhos da Prazeres da Mesa e, no conteúdo do LpJ está identificado como M.M.

 

paulo brammer, DIpWSET

Paulo Brammer finge que é brasileiro, sem ser gringo. Carrega uma venencia em lugar de uma Walter-PPK, mas faz cara de Sean Connery pra falar de Jerez.

É co-fundador da EnoCultura e cheio de projetos mirabolantes, mas o mais importante (e o mais bem-feito até agora) é a Mia.

Deixou o bar temporariamente, mas volta sempre que dizem que pode colocar Fino na coqueteleira.

 

VEJA (um dia) AS INDICAÇÕES do PAULO


LOUCOS POR JEREZ – UNI-VOS!

Mandem suas resenhas, fotos, notas de degustação. Convidem para abrir Equipo Navazos. Reclamem do conteúdo. Mandem alou (guardem os nudes).
Estamos esperando.

[wpforms id=”232″ description=”false” title=”false”]

 

aperte este botão e veja nada acontecer

aperte aqui